13 Mar 2019

Essa resenha foi escrita por um aluno da minha disciplina de Tópicos em Psicologia  - Psicologia organizacional e do Trabalho da UFRGS. Ele destaca o papel do RH a partir do que diz David Ulrich e ressalta a transformação digital em um segundo momento. Não é chover no molhado, mas é refletir se realmente as coisas acontecem desse jeito como se fala a muito tempo...

“POSICIONADOR ESTRATÉGICO”

(cap. 3)

( Ulrich,D., Younger, J., Brockbank, W. & Ulrich,M., 2013. RH de Dentro para Fora)

O texto cita exemplos de...

14 Jun 2016

Não está fácil para ninguém!

Esta se tornou a expressão mais ouvida nos últimos tempos e vem exigindo das empresas um reposicionamento para poder chegar em um meio termo negociando trade-offs (sacrifício de alguma coisa para obter um bem maior, o que muitas vezes causa um tipo de dilema. O ato de escolher uma coisa em detrimento de outra  muitas vezes é traduzida como "perde-e-ganha").  Então, para sair deste dilema lideranças das organizações optaram por buscar soluções estáveis para as organizações, ou...

15 Mar 2016

Neste artigo, os autores traçam um comparativo entre o Lider Autômato e o Lider Essencial, bem como a ética do dever e a ética do prazer. Chamam a atenção para a  liderança autômata, a qual não cabe mais no modelo de gestão contemporâneo por agirem como robôs, sendo que na ética do prazer os líderes essenciais funcionam sob três prismas: essência individual, excelência pessoal e transformação organizacional.

 

De acordo com os autores, vivemos uma era onde as agendas estão cheias, os compromissos e as inú...

15 Mar 2016

Em épocas de questionamentos sobre qual a melhor conduta que a liderança deve exercer para a garantia do sucesso da sua atuação apresentando resultados, os autores propõe uma reflexão sobre um dilema enfrentado por aqueles que estão a frente de equipes e abaixo de conselhos de administração sendo permanentemente cobrados por suas condutas exemplares e dignas de reconhecimento. O artigo é o resultado de estudos destes professores de Administração de Empresas na Harvard Business School e da vivencia em em...

 As dúvidas podem fazer parte da carreira de qualquer profissional e por mais traçada que esteja sua trajetória, em certos momentos é preciso tomar decisões, fazer alguns ajustes e mudanças para descobrir qual o caminho certo a seguir. É nesse momento que entra em cena a figura do coach de carreira.

 

Segundo a coach e consultora de imagem Waleska Farias, o coaching é um processo de investigação que promove o autodesenvolvimento do profissional e lhe dá condições para validar seus reais objetivos e identi...

6 Mar 2016

Eventos como separação, doenças graves e morte têm impacto no desempenho no trabalho. Saiba o que dizem os especialistas para encarar esses problemas.

 

Deixe os problemas do lado de fora da empresa. Durante anos, essa frase pertenceu ao corolário de boas maneiras no trabalho. O escritório, diziam muitos líderes, não é lugar para discutir questões pessoais. Só que há uma verdade inconveniente a respeito dessa ideia: as pessoas carregam seus problemas para dentro da companhia. Cientes disso, os RHs criaram...

6 Mar 2016

A especialista Juliane Yamakoa fala sobre as atitudes que devem ser cada vez mais adotadas pelos líderes.

 

Já foi o tempo em que as lideranças eram importantes apenas em seu próprio departamento. Hoje, líderes são importantes para toda a empresa, independente do segmento que façam parte.Eles são os responsáveis pelo desenvolvimento de planos e estratégias que serão executadas pela equipe e tudo o que definem é importante, pois impacta em cada pedaço da organização. Se os talentos de uma empresa são o cen...

5 Mar 2016

Em março de 2014, o americano Mohamed El-Erian, de 55 anos, então presidente de uma das maiores consultorias financeiras do mundo, a Pacific Investment Management Co., renunciou ao cargo depois de receber de sua filha de 10 anos uma carta com 22 momentos importantes da vida dela que ele havia perdido por causa do trabalho.

 

Para cada evento no qual não esteve presente, o executivo tinha uma justificativa — reunião, viagem ou jantar de negócios. E foi ali que ele percebeu que passou mais tempo fora da vid...

5 Mar 2016

As confissões de Adriano Silva, autor de 'O Executivo Sincero', sobre ansiedade, melancolia e estresse no ambiente de trabalho

 

O jornalista gaúcho Adriano Silva, de 44 anos, conhece bem o mercado corporativo. Com mais de 20 anos de carreira, ele assumiu cargos de direção em grandes empresas de comunicação, como Rede Globo e Editora Abril. E teve de lidar com momentos de angústia, ansiedade e depressão -- sensações que o acompanharam, em maior ou menor grau, em sua atuação como empreendedor, que começou...

4 Mar 2016

 

Ser chefe mais cedo do que a média dos profissionais é um privilégio que cobra o seu preço.

 

Há o evidente benefício de queimar etapas e não precisar esperar tantos anos para experimentar a liderança. Mas as armadilhas não são poucas - a começar pelo fantasma da insegurança.

 

De acordo com o coach Alexandre Rangel, sócio da Alliance Coaching, muitos jovens gestores temem não ter credibilidade perante seus pares e subordinados.

"O chefe inexperiente tem medo de ser chamado de 'garoto' pelas costa...

Please reload